domingo, 8 de março de 2009

Aniversário Atrasado

Em algum lugar,
a celebração é inversa.
Comemoração de sentimento alheio.
Por dentro, só solidão.
Diferentes caminhos.
E o destino ainda conta com suas armas.
Paladar que se adapta.
Beijo somente as mãos amputadas.
Meu coração se despede da paixão.

(escrito em 15/10/2007)

3 comentários:

Lu Cavichioli disse...

Aninhaaaaaa finalmente te achei aqui no blogspot!? Menina, preciso conhecer tua loja de tortas. Outro dia, tentei assistir o vídeo que me eviou, mas não tinha som. Ai que raiva viu??

Saudade de vc amore!!!
Vem me visitar nos meus blogs! Te espero.

ultrabeijos

Djabal disse...

Que coincidência agradável, rever, reler, e encontrar em "aniversário atrasado" uma forma de reencontro e de beijar mãos ainda não amputadas.
Tente perseverar e dar voz à poesia. Transforme-a em letras, e nos dê essa presença nas palavras. Você tem jeito e música.
Beijos e obrigado.

Janaína Pupo disse...

Aninha, caramba, você escreve muito. Amei, amei!
Beijos e obrigada por tudo.